Comunidade da Ilha Grande dos Marinheiros recebe pastoralistas

Pastoralistas de diferentes regiões do Brasil viveram uma experiência de imersão territorial. Nos dias 9, 10 e 11/9, pela primeira vez, a comunidade da Ilha Grande dos Marinheiros recebeu colaboradores que trabalham em Unidades Sociais, nas três Províncias Maristas do país, para o Encontro Mistagógico Marista Interprovincial. O Centro Social e a Escola Marista Aparecida das Águas foram as unidades-sede do evento.

À luz da temática Mística e profetismo no seguimento a Jesus de Nazaré, os participantes mergulharam na história do local onde ficaram hospedados por duas noites. O gerente social da Rede Marista, Irmão Ivonir Imperatori, estava na abertura do evento e deu as boas vindas aos pastoralistas.

No primeiro dia, eles ouviram o testemunho do Irmão Antônio Cechin, 86 anos, que ajudou a construir o galpão de reciclagem localizado na Ilha, que serviu como referência para outras iniciativas no país. Além disso, o Irmão Valdinei Gabardo, hoje à frente das três Unidades Sociais da Ilha Grande dos Marinheiros, apresentou dados sobre a atuação no território.


Irmão Antônio Cechin falou sobre o seu trabalho na Ilha

À tarde, as reflexões continuaram. O Frei Vilson Dallagnol trouxe ao grande grupo aspectos políticos e sociais da realidade, e o Padre Vilson Groh refletiu sobre o impacto da ação pastoral profética no território das Unidades Sociais. Ao fim das atividades do primeiro dia, os pastoralistas foram levados para as casas onde ficariam hospedados. Cerca de 20 famílias moradoras da Ilha abriram as portas de sua residência para receber os participantes.

Segundo dia

No dia 10/9, a experiência de imersão no território foi marcada pelo encontro do rosto de Cristo no local. Divididos em três grupos, os pastoralistas conheceram o Galpão de Reciclagem da Ilha, a Associação de Mães e a Ilha do Pavão. Após a visita, eles puderam compartilhar o que viram e sentiram em cada espaço.


Galpão de Reciclagem foi um dos locais visitados pelos pastoralistas

À noite, uma celebração foi realizada pelo presbítero Pilato Pereira, que também fez a mediação do bate-papo com o Irmão Antônio Cechin, no dia anterior. As famílias que receberam os pastoralistas foram convidadas a participar desse momento, que se encerrou com uma confraternização no refeitório da unidade. Crianças e adolescentes do Centro Social presentearam a todos com apresentações de dança gaúcha.

Terceiro dia

O último dia do Encontro Mistagógico Marista Interprovincial foi reservado aos apontamentos para a educação evangelizadora. Duas boas práticas de evangelização desenvolvidas por duas unidades foram apresentadas na ocasião. Da Rede Marista (Província Marista do Rio Grande do Sul), o pastoralista do Cesmar Diego Farias da Silva apresentou o programa sobre projeto de vida desenvolvido nas três unidades do complexo.

Já Bárbara Hellen Rodrigues da Silva, jovem pastoralista do Grupo Marista (Província Marista do Brasil Centro-Sul), compartilhou com o grupo o projeto que envolve o olhar das crianças sobre a cidade de São Paulo por meio da interface cultural e religiosa. Nessa experiência do Centro Social Marista Irmão Justino, os educandos visitaram espaços como uma mesquita islâmica, refletindo sobre a religiosidade e a constituição das religiões.

No encerramento do encontro, as crianças da Escola Marista Aparecida das Águas fizeram o envio dos pastoralistas, motivados a dar continuidade e ser multiplicador do trabalho desenvolvido na Ilha Grande dos Marinheiros.


Participantes realizaram uma experiência de imersão na comunidade

Veja as fotos do evento:

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.

Unidades Sociais Maristas

Rua Ir. José Otão, 11 – Bom Fim
Porto Alegre - RS - Brasil
90035-060


Principais Contatos 0800 54 11 200
[email protected]
Fale conosco