Educandos do Cesmar celebram a Páscoa

Nos dias 13 e 14/4, o Centro Social Marista de Porto Alegre – Cesmar, celebrou a páscoa com os estudantes e educandos do Polo Marista de Formação Tecnológica, do Socioeducativo e do Colégio Marista Irmão Jaime Biazus.

Pela manhã e à tarde, as crianças do Socioeducativo do Cesmar aprenderam com a coordenadora de pastoral, Salete Rambo, o significado da páscoa e os símbolos. “O coelho e o ovo são alguns símbolos de fertilidade, vida nova e renovação. Porém a centralidade da Páscoa está na Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo”, explicou a coordenadora aos pequenos. Logo depois das reflexões as crianças ganharam uma caixa de chocolate.

Polo Marista de Formação Tecnologica

Já no Polo Marista a Coordenadora de Pastoral fez um resgate histórico explicando o êxodo dos hebreus que saíram do Egito em direção à terra prometida por Deus, realizando o Pessach, ou a passagem de uma vida de escravidão para uma vida nova com Deus. “Jesus renovou o sentido da páscoa, pois o caminho de sua morte e ressurreição levam à conversão e à mudança de vida”, explicou a coordenadora. Em seguida os educandos do Polo receberam um chocolate e partilharam sobre as reflexões. Diego Farias

Colégio Marista Ir. Jaime Biazus

Os estudantes do Marista Ir Jaime realizaram uma celebração para partilhar o pão e o vinho (suco de uva) e logo depois assistiram um vídeo que apresentava a paixão de Cristo. O estudante Wesley Cristian Bruno Garcia, do 2º ano EM, disse que vivencia no Marista Ir. Jaime, é diferente de outras escolas. “Foi muito diferente de como acontece em outras escolas. Quando passou o vídeo que mostrou tudo o que Jesus passou, morreu e sofreu, tudo isso por nós, vemos que temos que valorizar mais esse amor, valorizar nossos professores, nosso colégio, tudo o que temos e somos”, para o jovem o “Colégio conseguiu plantar uma sementinha de esperança no coração de cada estudante, todo o colégio se envolveu e participou da reflexão”, completa Wesley.

A estudante Hélen Vitória Silva de Souza, do 1º ano EM, como é nova no Colégio, gostou de vivenciar essa nova experiência. “Eu achei muito legal a forma em que nos reunimos em grupos em volta dos panos com as cruzes e como sou nova aqui no colégio achei tudo muito diferente. Pudemos partilhar o pão e o vinho (suco de uva), lembrando do tempo de Jesus”, comenta a jovem.

Para a professora de Química, Paola Tavares, o Cesmar proporciona um momento muito importante de celebração e reflexão espiritual para os jovens.

“O Cesmar sempre proporciona para os estudantes e educandos uma reflexão aprofundada na Páscoa. Sabemos que muitos deles não são católicos, muito menos cristãos, mas essa reflexão para eles é muito importante. A partilha do pão e do vinho (suco de uva), traz uma experiência de organização, que talvez eles não tenham no dia-a-dia, e isso faz com que eles se envolvam e participem destes momentos e que talvez esse sentimento perdure pela vida deles. A reflexão que a Salete apresentou também fez eles se colocarem no lugar do outro, trouxe empatia”, analisa a professora.

Celebração de Páscoa na PJM

Na sexta-feira santa, foi o dia em que a Pastoral Juvenil Marista do Cesmar se reuniu para celebrar este importante momento na fé cristã. De acordo com a coordenadora de pastoral, Salete Rambo, “viver o Tríduo Pascal é sempre um convite de conversão. Jesus, que generosamente se imola por todos, também nos chama a viver com Ele este tempo forte de vida e Ressurreição”, assinala a Coordenadora.

Motivados por este convite e desejosos de viver bem a sua Páscoa, os jovens da PJM do Cesmar, celebraram na sexta-feira, dia 14/4 a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus.

Salete alertou para que os jovens tragam presente não somente a Pascoa de Cristo e o seu sacrifício na Cruz, mas também reflitam a condenação e a morte de tantos irmãos em nosso dia-a-dia, no nosso bairro, em nossas famílias.

“Vidas que ainda hoje são condenadas pela violência, pelas drogas, pela falta de emprego, de saúde, educação, moradia digna; que morrem, mas que somente encontram sentido, na perspectiva de Cristo, que é Ressurreição e vida em plenitude. Vivenciar esta experiência de Vida Nova é um convite constante, uma busca diária, um desejo que precisa ser alimentado”, afirmou Salete.

“Este é o propósito da PJM, vivenciar a vida em grupo, mas na perspectiva cristã e no itinerário de vida de Champagnat, que inspirado no exemplo e na vida de Cristo, foi modelo e instrumento de vida para tantos irmãos e irmãs”, completa a Coordenadora de pastoral do Cesmar.

Comentários (0)

Entre na discussão.

captcha

Mensagens sem e-mail válido ou com expressões ofensivas serão excluídas.